Doenças de pele: uma lista de condições e sintomas mais comuns

Publicado em 08/04/2022 por

A pele é o maior órgão do corpo humano e funciona como uma barreira entre o interior do corpo e o mundo exterior. Cuidar bem da pele é vital para uma boa saúde, mas a pele de cada pessoa é diferente, o que leva a necessidades de cuidados específicas para cada indivíduo.

Embora existam milhares de produtos nas prateleiras das farmácias e à venda online que pretendem fornecer tudo o que sua pele precisa, na maioria das vezes, essas alegações são simplesmente uma campanha publicitária projetada para atrair os clientes a usar esses produtos.

A verdade é que a natureza nos forneceu tudo de que precisamos para manter nosso corpo saudável. Dezenas de substâncias que ocorrem naturalmente podem cuidar da sua pele muito melhor do que qualquer frasco de rótulo brilhante ostentando alegações rebuscadas.

Encontrando o regime certo de cuidados com a pele

Hoje em dia, existem muitas empresas no mercado que usam ingredientes seguros, eficazes e naturais em seus produtos que são adequados para uso como parte de uma rotina diária de cuidados com a pele. Mas, em muitos casos, os ingredientes sozinhos são suficientes e você pode até mesmo misturar ingredientes para fazer seus produtos de cuidados da pele DIY.

É importante lembrar que práticas abrangentes de cuidados com a pele não tratam apenas de questões atuais. A saúde da sua pele também é determinada pela saúde do seu intestino e do resto do seu corpo. Como tal, uma rotina diária de cuidados com a pele verdadeiramente abrangente deve incorporar práticas dietéticas e de exercícios adequadas também.

As partes constituintes que constituem a rotina de cuidados com a pele perfeita são diferentes para cada pessoa. A pele de cada pessoa é diferente, o que torna muito importante compreender totalmente os atributos exclusivos de cada ingrediente natural para o cuidado da pele. Só então você será capaz de personalizar um regime de cuidados com a pele certo para suas necessidades específicas.

Neste guia, examinaremos os problemas de pele mais comuns e forneceremos dicas simples para tratamento e prevenção. Também discutiremos os melhores ingredientes disponíveis e suas propriedades exclusivas para promover uma pele saudável.

Por fim, discutiremos as possíveis mudanças em suas rotinas de tópicos, dietéticos e de exercícios que abordarão suas preocupações particulares e farão com que sua pele volte ao seu estado natural puro.

Preocupações comuns

A pele de ninguém é perfeita. Se você está sofrendo de uma doença de pele grave ou simplesmente deseja melhorar a saúde geral da sua pele, existem muitas maneiras simples de alterar sua rotina diária de cuidados com a pele para atender às suas preocupações.

Mas antes de discutirmos as melhores práticas a serem adotadas para suas preocupações específicas, é importante entender as diferenças entre as doenças de pele mais comuns e como um tipo de rotina não resolve todas as doenças.

Psoríase

A causa raiz da psoríase é um sistema imunológico hiperativo, o que significa que os tratamentos tópicos por si só não serão suficientes para vencer essa condição perniciosa. A psoríase é caracterizada por manchas de pele áspera, seca e com coceira que freqüentemente descamam e sangram. Essas manchas são criadas quando as células da pele se reproduzem muito rapidamente, competindo por espaço e morrendo rapidamente.

Existem várias maneiras de tratar a psoríase topicamente, mas a melhor maneira de abordar o tratamento da psoríase é com mudanças no estilo de vida e na dieta que aumentem o tratamento tópico. A ciência médica afirma que a psoríase costuma ser genética e incurável, mas isso não significa que você não possa usar métodos naturais para reduzir os sintomas da psoríase e mantê-la voltando.

Ao remover as toxinas do corpo e melhorar a saúde imunológica geral, você pode eliminar as causas básicas da psoríase e recuperar a saúde da pele.

Rosácea

Embora a causa exata da rosácea seja desconhecida, é inegável que essa condição de pele pode ser incrivelmente debilitante para a saúde e a auto-estima. Semelhante à acne, a rosácea é uma doença inflamatória que afeta o rosto. Mas, ao contrário da acne, a rosácea não é algo que você possa superar e geralmente piora se não for tratada.

Como a maioria das doenças inflamatórias, mudar sua dieta e estilo de vida pode ajudar a reduzir os sintomas da rosácea. Embora nenhuma cura completa para a rosácea seja conhecida pela ciência médica, muitos ingredientes naturais têm sido usados ​​por centenas de anos para combater os sintomas dessa doença desfigurante com incrível sucesso.

Como a rosácea está relacionada à inflamação, os tratamentos tópicos que reduzem a inflamação são altamente eficazes contra essa condição. Por exemplo, o vinagre de maçã pode ser aplicado no rosto para combater a inflamação e ajudar a manter o tom uniforme da pele.

Mais do que outras doenças da pele, a rosácea parece ser facilmente desencadeada pelo estresse. Fazer escolhas de estilo de vida que eliminem o estresse pode ajudar a reduzir a probabilidade de surtos de rosácea. Como todas as doenças da pele, melhorar sua saúde geral pode reduzir imensamente os sintomas da rosácea.

Eczema

Eczema é outra condição que intriga os dermatologistas. As causas potenciais incluem hereditariedade, dieta e condições ambientais, mas as origens dessa condição de pele com coceira e escamosa geralmente permanecem desconhecidas. Como muitas doenças da pele, existem fortes correlações entre eczema e exposição a toxinas ambientais.

A dieta parece desempenhar um grande papel no desenvolvimento do eczema e na ocorrência de surtos de eczema. Embora seja tentador pensar que os tratamentos mais eficazes para doenças de pele são tópicos, a verdade é que a saúde de todo o corpo é o fator mais decisivo na cura da pele insalubre.

Embora sua rotina de cuidados com a pele personalizada para o tratamento do eczema possa certamente conter vários tratamentos tópicos para ajudar a curar e hidratar a pele, lembre-se de que os melhores resultados no tratamento do eczema costumam ser encontrados incorporando também mudanças na dieta.

Pele oleosa

Pode parecer pouco intuitivo, mas a pele oleosa geralmente é causada por pele muito seca. As glândulas produtoras de óleo em seu rosto e pescoço tentarão produzir óleo em excesso para compensar a secura da pele, resultando em uma pele que parece oleosa na superfície, mas ainda seca por baixo.

Como outras preocupações com a pele, a pele oleosa geralmente pode ser atribuída à dieta, e o desenvolvimento de uma rotina personalizada de cuidados com a pele para combater essa condição pode incluir mudanças na dieta. Além da predisposição genética, a causa mais comum de pele oleosa é a lavagem excessiva.

Isso é compreensível, pois uma vez que você começa a desenvolver a pele oleosa, a solução natural parece ser lavar o óleo.

Mas lavar a pele com muita frequência pode interromper a produção de óleo natural da pele. Lavar a pele com frequência e depois aplicar o hidratante pode se tornar um ciclo interminável que torna a pele ainda mais oleosa sem abordar a causa raiz.

Embora existam muitas táticas que você pode tomar ao alterar sua rotina diária de cuidados com a pele para combater a pele oleosa, lavar o rosto nunca deve ser uma delas.

Pele seca

Ao contrário da crença popular, a cura para a pele seca não é cada vez mais hidratante. Em muitos casos, a pele seca é causada por um desequilíbrio na produção de óleo natural da pele e adicionar muitos produtos hidratantes à mistura pode piorar ainda mais o problema.

Em geral, os mesmos princípios gerais que são seguidos para curar a maioria das doenças da pele também se aplicam no combate à pele seca. Apenas tome cuidado com a lavagem ou hidratação excessiva da pele; a melhor maneira de curar a pele seca é ajudar o corpo a se ajudar.

Exercícios regulares, hidratação adequada e muitos dos tratamentos e técnicas que discutimos neste guia podem ajudar sua pele a voltar ao estado adequadamente hidratado. Apenas não pense demais; usar muitos produtos ou tratamentos ao mesmo tempo pode simplesmente secar a pele ainda mais.

Acne

A acne é uma das doenças de pele mais comuns e mais perniciosas. A acne ocorre quando um poro da pele fica obstruído com sebo, que é o material produzido pelas glândulas sebáceas que geralmente mantém a pele limpa e saudável.

No caso da acne, entretanto, é produzido muito sebo, resultando em pele oleosa e obstruída. Os tipos de acne podem variar de cravos quase imperceptíveis a acne cística totalmente desenvolvida, que causa grandes protuberâncias vermelhas que costumam doer muito.

A acne foi conclusivamente associada à saúde intestinal. Em condições normais, a flora do intestino mantém a pele saudável, processando toxinas e nutrientes de forma eficaz. Mas, no caso da acne, a flora intestinal não está fazendo seu trabalho e está contribuindo para a produção irregular de sebo.

Muitos tratamentos prescritos para acne procuram resolver esse problema bombardeando o intestino e matando toda a flora, mas essa abordagem pode causar sérios danos ao fígado e aos rins. A melhor maneira de combater a acne é adotar uma rotina de cuidados com a pele personalizada que inclua mudar sua dieta e aplicar tratamentos tópicos.

2. Tratamentos simples

Embora existam mil e um tratamentos de venda livre e de prescrição disponíveis que afirmam fornecer soluções para problemas comuns de saúde da pele, em muitos casos as empresas que produzem esses produtos estão mais preocupadas com a receita trimestral do que com curas.

Um cliente curado é um cliente ocasional, mas um cliente tratado pode acabar sendo um cliente vitalício. Mas se você quer mesmo melhorar a saúde da sua pele, não caia na onda e tente um desses tratamentos naturais e acessíveis. A maioria consiste em ingredientes domésticos simples e todos eles têm o potencial de curar permanentemente sua condição de pele.

Limpeza com óleo

A limpeza com óleo é um método consagrado para remover bloqueios de seus poros e estimular a produção natural de oleosidade da pele. Limpar o rosto ou o corpo com óleo pode ajudar a melhorar a pele seca e oleosa e pode até combater problemas de pele como acne, rosácea e eczema.

A maioria dos óleos de limpeza não contém surfactantes e são muito suaves para a pele. Muitas pessoas que sofrem de doenças de pele só pioram o problema usando produtos que irritam ou obstruem a pele, mas a limpeza com óleo é suave e relaxante.

Este método natural para melhorar a saúde da pele está se tornando cada vez mais popular, com novos produtos de limpeza com óleo sem receita aparecendo o tempo todo.

Mas às vezes é mais barato e mais econômico fazer você mesmo um tratamento de limpeza com óleo. Algumas pessoas simplesmente combinam azeite virgem orgânico com uma pequena quantidade de óleo de rícino e fazem a limpeza com óleo no chuveiro.

Outros óleos como óleo de coco e óleo de argan também podem ser usados, mas evite óleos processados ​​como óleo de canola e óleo vegetal.

Depois de adquirir um óleo de limpeza que atenda às suas necessidades, veja como usá-lo:

Esteja você no chuveiro ou em frente à pia, molhe uma toalha com água morna e segure-a contra o rosto por cerca de 20 segundos. Toalhas de microfibra funcionam bem para isso.

Depois que os poros estiverem totalmente abertos, massageie suavemente o óleo no rosto até que sua pele esteja totalmente coberta. Suas mãos devem estar limpas para esta parte.

Deixe o óleo descansar por um ou dois minutos. Em seguida, limpe bem o óleo do rosto com uma toalha limpa. Toalhas de microfibra são especialmente eficazes para garantir que todo o óleo tenha sido limpo.

A limpeza com óleo é uma forma incrivelmente eficaz de limpar o rosto, hidratando mais a pele. Se os óleos de limpeza piorarem sua pele, interrompa o uso imediatamente. Mas, na maioria dos casos, a limpeza com óleo ajuda a pele a reiniciar seus ritmos naturais de produção de óleo e é conhecida por curar completamente a acne e a rosácea.

Óleo da árvore do chá

Aqueles que estão se sentindo aventureiros podem tentar adicionar óleo da árvore do chá à sua mistura de limpeza de óleo, mas na maioria dos casos, este óleo pungente e poderoso é muito seco para limpeza com óleo. O óleo da árvore do chá é potentemente antimicrobiano e antiviral, o que significa que pode matar as criaturas desagradáveis ​​que ajudam em doenças como acne e rosácea.

Este óleo natural tem sido usado pelos aborígines da Austrália há séculos e também pode ajudar a abrir os poros e auxiliar na expressão natural da oleosidade da pele.

O óleo da árvore do chá também pode secar a pele e também é venenoso se ingerido. No entanto, não se pode negar que milhares de pessoas em todo o mundo relataram que esta substância natural os ajudou a ganhar e manter a saúde da pele ideal.

Considere adicionar o óleo da árvore do chá ao seu regime de cuidados com a pele personalizado se você acredita que um fator microbiano ou viral está afetando negativamente a saúde da sua pele.

Vinagre de maçã

Se você está procurando remédios naturais para sua pele, provavelmente já viu a recomendação de vinagre. Mas não qualquer tipo de vinagre – vinagre de cidra de maçã. Este remédio natural tem vários atributos impressionantes e está experimentando uma recuperação significativa como remédio caseiro.

Usado por gerações como um estimulante geral da saúde, as propriedades adstringentes e probióticas do vinagre de maçã estão sendo respeitosamente observadas pela ciência médica convencional.

Se você está pensando em adicionar vinagre de maçã à sua rotina de cuidados com a pele, a primeira coisa que você precisa saber é que apenas vinagre de cidra cru e não pasteurizado serve. Embora você possa experimentar alguns benefícios do vinagre de cidra de maçã pasteurizado, perderá muitas das qualidades probióticas que tornam essa substância tão excelente.

O vinagre de maçã pode ser ingerido ou aplicado topicamente. Para obter os melhores resultados, recomenda-se que as pessoas que sofrem de doenças de pele façam as duas coisas. Embora esse método de ingestão possa não ser para todos, alguns fanáticos do vinagre de maçã bebem essa substância pura da garrafa.

Também é possível diluí-lo com água ou suco de limão se você achar que o vinagre de maçã puro é um pouco forte para você.

Para experimentar os benefícios tópicos do vinagre de maçã, basta aplicar essa substância no rosto com uma toalha de rosto ou cotonetes. Deixe no rosto por um ou dois minutos e depois lave com água morna. Muitas pessoas que sofrem de rosácea e acne podem ver as condições de sua pele melhorar durante a noite com apenas uma aplicação de vinagre de maçã.

O vinagre de maçã também equilibra o pH da pele, o que pode ajudar nas peles muito oleosas ou muito secas. Substituir o toner de venda livre por vinagre de cidra de maçã cru e não pasteurizado pode realmente fazer maravilhas pela saúde da sua pele.

Óleo de caroço de damasco

Algumas pessoas juram pelos benefícios para a pele proporcionados pelo óleo de semente de damasco. Este óleo natural é rico em várias vitaminas que ajudam a fortalecer a pele e funciona como um hidratante não oleoso que não interfere na produção normal de óleo da pele. O óleo de caroço de damasco é especialmente eficaz contra eczema e rosácea quando aplicado topicamente.

Também identificado como um agente anti-envelhecimento, o óleo de semente de damasco ajuda a manter a elasticidade da pele e pode ajudar a manter a saúde ideal da pele em uma variedade de categorias. Ao regular a produção de óleo na pele, o óleo de caroço de damasco também pode ajudar na pele seca ou oleosa.

Este óleo também é um antiinflamatório, o que significa que pode ajudar com acne e rosácea. Com todos esses atributos incríveis, o óleo de semente de damasco pode ser uma adição valiosa à sua rotina de cuidados com a pele personalizada.

Mel cru

O mel cru é um antioxidante incrivelmente poderoso e também possui potentes qualidades antibacterianas e antiinflamatórias. Nem todo mel é cru; certifique-se de verificar o rótulo para certificar-se de que o mel que você está comprando não foi pasteurizado e nem aquecido.

O mel cru também é especialmente bom para o seu intestino. A flora intestinal adora mel cru e vai agradecer por comê-lo. Mas o mel cru não é apenas para uso interno; também pode ser aplicado topicamente como uma máscara facial de cura e rejuvenescimento. O mel cru aplicado no rosto ajudará na produção de óleo natural e causará as criaturas desagradáveis ​​responsáveis ​​por surtos de acne e rosácea.

Para aplicar mel cru topicamente, lave suavemente o rosto com água e, em seguida, aplique o mel por todo o rosto em uma camada fina. O mel cru pode ser deixado em seu rosto por 20 minutos ou mais. Quando estiver pronto para retirá-lo, simplesmente lave o rosto com água morna até que todo o mel tenha se dissipado.

Durante séculos, o mel cru foi tratado como uma droga maravilhosa por muitas sociedades indígenas e é um forte acréscimo à rotina diária de cuidados com a pele de quase qualquer pessoa.

3. Melhores Práticas

Compreender as causas das doenças de pele comuns e aprender sobre os possíveis tratamentos é apenas metade da batalha. A saúde da pele está intimamente ligada à saúde do resto do seu corpo, e nenhuma rotina de cuidados com a pele personalizada é completa sem incorporar mudanças na dieta e no estilo de vida em conjunto com os tratamentos tópicos ou ingeridos.

Elimine produtos tóxicos

Vários pesquisadores sugeriram que as toxinas liberadas como resultado da industrialização moderna têm um impacto profundamente negativo na saúde. Substâncias tóxicas como metais pesados, produtos químicos sintéticos e aditivos alimentares nos confrontam de todos os lados, procurando roubar de nós nosso bem-estar.

Até mesmo a maioria dos produtos para a pele que pretendem ajudar com doenças comuns da pele costumam estar carregados de produtos químicos tóxicos que, no mínimo, vão piorar sua pele. Algumas das substâncias tóxicas contidas nos produtos para a pele podem até perturbar o sistema endócrino e causar câncer.

Ao tentar ajudar sua pele a se curar e manter-se saudável, é importante reconhecer o verdadeiro valor dos produtos naturais e não se deixar influenciar pelas técnicas de marketing utilizadas por empresas de cuidados pessoais.

A natureza tem fornecido tratamentos para todas as doenças desde tempos imemoriais, enquanto os seres humanos têm se agitado com a cura por um período muito mais finito. Confiar na natureza para ajudar e evitar produtos tóxicos para a pele pode ser uma das melhores coisas que você pode fazer pela sua pele.

Evite alimentos processados

Alimentos processados ​​demonstraram contribuir para vários problemas de saúde. Alimentos como batata frita, margarina, biscoitos e a maioria dos tipos de pão são processados ​​e contêm níveis mais elevados de sódio, gordura e açúcar do que as alternativas naturais. O intestino não está equipado para lidar com esses tipos de alimentos industrializados, levando a um acúmulo de tóxicos por todo o corpo.

Como regra geral, se um lanche estiver em uma embalagem de cores vivas e for produzido por uma empresa internacional, é provável que o lanche contenha alimentos processados ​​e deva ser evitado.

O sódio, a gordura e até o açúcar podem ser saudáveis ​​em certas doses e certas formas, mas os métodos usados ​​para criar alimentos processados ​​geralmente eliminam qualquer uma das qualidades saudáveis ​​inerentes a esses ingredientes.

Embora evitar alimentos processados ​​possa ser uma das melhores coisas que você pode fazer para promover a saúde da pele, esta é uma das etapas mais difíceis para a maioria das pessoas incorporar em sua rotina personalizada de cuidados com a pele.

A maioria dos lugares onde você gosta de comer fora e a maioria dos alimentos nas prateleiras dos supermercados contém alimentos processados, tornando a eliminação de alimentos processados ​​de sua dieta uma mudança significativa no estilo de vida. Mas se você quer mesmo melhorar a saúde da sua pele, esta é uma etapa que você não pode ignorar.

Não consumir pesticidas

Foi demonstrado que alimentos que contêm pesticidas causam inflamação da pele e podem até causar câncer de pele. Os pesticidas são encontrados na maioria dos alimentos que não são rotulados como “orgânicos” e geralmente consistem em produtos químicos tóxicos usados ​​para matar as pragas das plantações.

Os agricultores orgânicos usam pesticidas não tóxicos ou não usam nenhum pesticida. Em geral, é seguro comer alimentos orgânicos, mas a única maneira de saber com certeza se pesticidas tóxicos foram usados ​​é entrar em contato diretamente com o fabricante.

Melhor ainda, cultive suas frutas e vegetais orgânicos em plantadores ou em uma horta. Não se pode exagerar o quão perigosos os pesticidas são para a saúde da sua pele, tornando essencial que você tente eliminar o que é chamado de alimentos “convencionais” de sua dieta.

Ingerir probióticos e gorduras saudáveis

Algumas coisas que você definitivamente deve ingerir são probióticos e gorduras saudáveis. Os probióticos estimulam a flora intestinal, levando a uma pele mais saudável e um corpo mais saudável em geral. Vários problemas de pele têm sido associados a problemas intestinais, tornando a saúde intestinal um aspecto surpreendente, mas vital de qualquer estratégia personalizada de cuidados com a pele.

Embora certos tipos de gorduras certamente não sejam saudáveis ​​para a pele, as gorduras em si tiveram uma má reputação nas últimas décadas. As gorduras são blocos de construção integrais do desenvolvimento celular e, sem a quantidade certa de gorduras saudáveis, suas células não serão capazes de amadurecer adequadamente.

As gorduras que você deve ingerir regularmente como parte de sua rotina personalizada de cuidados com a pele incluem os ácidos graxos ômega-3 e os ácidos graxos ômega-6. Ambos os tipos de gorduras são importantes para o crescimento celular e o ômega-3, em particular, ajuda nas funções em todo o corpo, incluindo a saúde das articulações e a redução da inflamação.

O ômega-3 também demonstrou reduzir a probabilidade de câncer e outras doenças graves, ao mesmo tempo que ajuda a manter a pele lisa e saudável. Não importa o tipo de condição de pele que você esteja enfrentando, a ingestão da quantidade adequada de gorduras saudáveis ​​é fundamental para a saúde da pele.

Use produtos naturais

Ao desenvolver uma rotina abrangente para uma pele perpetuamente saudável, o mais importante a lembrar é usar apenas produtos e ingredientes naturais. Embora os produtos que usam ingredientes artificiais sejam um grande jogo, quase sempre falham a longo prazo, seja por não atender ao propósito pretendido ou por causar outros problemas em todo o corpo.

O corpo humano é um sistema extremamente delicado que é calibrado para funcionar em harmonia com as forças da natureza. A introdução de qualquer coisa artificial pode perturbar esse equilíbrio e criar doenças.

A pele não saudável é quase invariavelmente indicativa de um problema de saúde que está afetando todo o corpo e, em todos os casos, adotar tratamentos e rotinas que consideram o corpo como um sistema holístico é a maneira mais eficaz de fazer a pele não saudável brilhar. Uma rotina personalizada de cuidados com a pele que trate da causa raiz de uma pele não saudável será profundamente eficaz a longo prazo.

Conteúdo Relacionado