Hipertensão Arterial, Tratamento da Hipertensão Arterial

Acidente Vascular Cerebral: Causas, Prevenção e Controle da Pressão Alta

Publicado em 08/26/2022 por

A pressão alta pode aumentar o risco de ter um derrame. Saiba mais sobre a conexão entre essas condições e como você pode manter seu risco baixo.

Um acidente vascular cerebral é um evento grave e muitas vezes com risco de vida, onde o fluxo sanguíneo para o cérebro é interrompido. Pode deixá-lo com deficiências permanentes em sua memória, habilidades cognitivas, fala, visão, controle facial e capacidade de mover extremidades.

Embora um derrame pareça aparecer sem aviso prévio, muitas vezes é o resultado de muitos fatores invisíveis escondidos sob a superfície que danificam suas artérias e vasos sanguíneos há anos.

Uma das principais causas é a pressão alta, que pode restringir significativamente o fluxo sanguíneo para o cérebro. Seu risco de acidente vascular cerebral também pode aumentar se você não cuidar adequadamente de sua saúde ou se tiver doenças cardíacas ou diabetes.

Compreender as causas potenciais de um acidente vascular cerebral pode ajudá-lo a gerenciar seus fatores de risco.

Causas de AVC

Os derrames ocorrem como resultado de duas causas principais em seu corpo, ambas limitando a quantidade de sangue que chega ao cérebro. Seus vasos sanguíneos podem estar bloqueados, limitando o fluxo sanguíneo, ou podem se romper, cortando-o completamente.

AVC isquêmico

Os AVCs isquêmicos são mais comuns, representando cerca de 87% de todos os casos.

Em um acidente vascular cerebral isquêmico, os vasos sanguíneos do cérebro ficam obstruídos com coágulos sanguíneos e depósitos de gordura, causando diminuição do fluxo ou bloqueio completo. O cérebro recebe uma quantidade muito limitada de sangue e não pode mais funcionar adequadamente.

Fumar e colesterol alto são contribuintes significativos para vasos sanguíneos bloqueados e estreitos.

AVCs hemorrágicos

As hemorragias ocorrem quando os vasos sanguíneos se rompem ou quando os vasos sanguíneos vazam. Isso leva ao sangramento dentro do cérebro e à falta de fluxo sanguíneo para as células cerebrais e as células nervosas.

A pressão alta descontrolada é uma das principais causas de acidente vascular cerebral hemorrágico.

Medidas preventivas para controlar certas condições de saúde e fatores de estilo de vida podem reduzir muito o risco de qualquer tipo de acidente vascular cerebral.

Fatores de condição de saúde

Várias condições de saúde podem aumentar sua probabilidade de ter um derrame. A mais notável é a pressão arterial elevada, uma vez que coloca mais pressão sobre o coração e estimula o estreitamento e o acúmulo de placas nas artérias.

Condições como colesterol alto e diabetes também têm sido associadas a um risco aumentado de acidente vascular cerebral, assim como doenças cardiovasculares.

Os derrames também podem ter um componente genético, portanto, um longo histórico familiar de derrames também pode colocá-lo em maior risco. Embora você não possa corrigir seus genes, você pode participar de exames médicos de rotina e fazer escolhas de estilo de vida saudáveis.

Fatores de estilo de vida

Dieta e exercício são tão importantes para mantê-lo saudável como sempre. Uma dieta rica em gorduras saturadas e colesterol ruim pode danificar os vasos sanguíneos e levar à obesidade. É super importante ter o exercício como uma característica regular do estilo de vida para diminuir o risco de acidente vascular cerebral.

Fumar e beber muito também devem ser evitados, especialmente se você tiver outros fatores de risco.

Reduza o risco de AVC através do tratamento da pressão alta

Como a hipertensão geralmente é um precursor de um acidente vascular cerebral, os profissionais médicos geralmente recomendam tratamentos comuns para pressão alta para reduzir seu risco. Esses métodos podem melhorar a saúde de suas artérias e vasos sanguíneos ao longo do tempo.

Exercício frequente

Trabalhar fora é sempre uma escolha saudável, mas é especialmente importante se você quiser evitar a hipertensão.

Além de baixar a pressão arterial, o exercício tem muitos outros benefícios, como fortalecer o coração e aumentar a quantidade de colesterol bom em seu corpo. É também uma ótima maneira de reduzir o estresse, gerenciar seu peso e se sentir melhor.

Limite de gorduras e sódio

As dietas ricas em gorduras saturadas não apenas contribuem para a pressão alta, mas também aumentam o acúmulo de gordura nos vasos sanguíneos que podem restringir o fluxo sanguíneo.

Acrescente a isso que muitos alimentos gordurosos também são altamente processados ​​com muito sal, e não é de admirar que uma dieta pobre possa aumentar muito a probabilidade de você ter um derrame ou desenvolver doenças cardíacas.

Um método para reduzir esses alimentos prejudiciais é seguir a dieta DASH, que é especificamente voltada para o controle da hipertensão. Ele prioriza grãos integrais, frutas, vegetais e proteínas magras e saudáveis ​​para o coração.

Evite Substâncias Nocivas

Fumar, beber e usar drogas como metanfetamina e cocaína podem afetar negativamente sua pressão arterial e aumentar o risco de ter um derrame. Tentar moderar sua bebida para certas ocasiões e cortar completamente os cigarros e as drogas é o melhor plano.

Pensamentos finais

Os derrames podem ser mortais ou extremamente debilitantes, e podem ter efeitos duradouros em sua saúde. É importante moderar seu estilo de vida e monitorar sua pressão arterial para que você possa manter seu risco o mais baixo possível. Faça essas mudanças em seus planos diários e você poderá viver uma vida longa e saudável.

Conteúdo Relacionado